23/10/2013

A CULPA




A culpa é do pólen dos pinheiros
Dos juízes, padres e mineiros
Dos turistas que vagueiam nas ruas
Das 'strippers' que nunca se põem nuas
Da encefalopatia espongiforme bovina
Do Júlio de Matos, do João e da Catarina
A culpa é dos frangos que têm HN1
E dos pobres que já não têm nenhum
A culpa é das prostitutas que não pagam impostos
Que deviam ser pagos também pelos mortos
A culpa é dos reformados e desempregados
Cambada de malandros feios, excomungados,
A culpa é dos que têm uma vida sã
E da ociosa Eva que comeu a maçã.
A culpa é do Eusébio, que já não joga a bola,
E daqueles que não batem bem da tola.
A culpa é dos putos da casa Pia
Que mentem de noite e de dia.
A culpa é dos traidores que emigram
E dos patriotas que ficam e mendigam.
A culpa é do Partido Social Democrata
E de todos aqueles que usam gravata.
A culpa é do BE, do CDS, do PS e do PCP
E dos que não querem o TGV
A culpa até pode ser do urso que hiberna
Mas não será nunca de quem governa...
Autor desconhecido

3 comentários:

A. João Soares disse...


Caro Luís,

Ninguem no Governo tem culpa de não cumprir as peomessar que têm sido feitas, as mentiras das pervisões, etc. E com tais erros e aldrabuices temos sofrido as agruras da austeridade que continua.

Sugiro a visita ao post seguinte:

DITADURA DE ROSALINO ???

Abraço
João

luís rodrigues coelho Coelho disse...

A culpa será sempre dos outros.
Nesta altura a culpa é precisamente daqueles que não se podem defender.
PPortas disse:
- Os portugueses pobres e idosos não estavam na manifestação da Ponte.

Como poderiam estes pobres culpados ir sem dinheiro para as viagens...

Luis disse...

Meus bons Amigos,
Realmente a "culpa" é sempre doutros!
Não há VERGONHA nas caras deles!
Um abraço amigo