13/09/2011

Criança sofre !!!

Argumento da filha de um amigo quando foi chamada à pedra por um pormenor de comportamento

E agora pedem que eu seja bem comportada?!!

Olhem só....

Desde pequena,via

O Tarzan andar quase todo nu pela selva...
A Cinderela chegava à casa depois da meia noite...
O Pinóquio mentia...
O Aladino era ladrão...
O Batman dirigia a mais de 320 km/h ...
A Bela Adormecida era uma preguiçosa...
A Branca de Neve morava com 7 homens e foi beijada por um estranho para acordar...
O Zé Colmeia e o Catatau eram cleptomaníacos e roubavam cestas de piquenique,
O Super Homem, granda maluco, colocava as cuecas por cima das calças de licra…
A Olívia Palito tinha bulimia e o Popey fumava erva!!!

Agora pedem para eu me comportar ???
Tarde demais...!!!

BELOS TEMPOS ESTES EM QUE NÃO CHAMAVAM OS PAIS À PEDRA E
DEIXAVAM OS FILHOS SER CRIANÇAS !!!! EU CRIEI-ME!!

Imagem do Google

6 comentários:

✿ chica disse...

O exemplo é importante!!! Lindo texto! abraço,chica

Beta disse...

Olá Luis!
Que bom que voltou ao Mix!
Estava sentindo sua falta!

Abç
Beta

Luis disse...

Caríssimo Amigo João,
Imediatamente após o 25A começaram a fazer-se nos Liceus da altura RGA's onde se referia que a Liberdade começava por se não se aceitar a autoridade dos Pais, dos professores, etc. A partir daí entrou-se "em roda livre" e é o que se vê... Confundiram LIBERDADE com libertinagem! Não há nem Princípios nem Valores!
Destruir é fácil e rápido mas Construir vai ser muito demorado e doloroso!
Um grande abraço amigo e solidário.

Luis disse...

Querida Amiga Beta,
A ausência ficou a dever-se às férias (onde não tenho Internet)!
Regressado voltarei ao convívio dos amigos!
Um beijinho muito amigo.

Celle disse...

João, como ilustração para o assunto, tudo bem!
Mas todos nós que somos daquela época não nos deixamos influenciar pelas estórias em quadrinhos nem os contos de fadas. Nos divertíamos e gostávamos de ver e assistir. Sempre respeitamos os mais velhos, obedecemos nossos pais e mestres, estudávamos mesmo que a força, rsrsrs, com cobranças maternas, mas sabíamos que eram fantasias e estorinhas, sabíamos discernir o que era possível fazer e o que não deveria ser feito, tínhamos limites e cercados de amiguinhos...
Daí a diferença.
Beijos
Celle

A. João Soares disse...

Amiga Celle,

Compreendo-a. Mas este post tem muito de ironia. Mostra que as acusações que hoje se fazem aos costumes actuais e às televisões e a comparação com o século passado não têm muita lógica.
Mas a realidade é outra: Hoje as crianças crescem muito agarradas à TV e são educadas em ambiente de ostentação de imitação, de querer o mais caro, moderno e «inovador» , as vontades são-lhes satisfeitas de forma a não as educar a ser responsáveis e respeitadoras de regras e valores éticos.

Embora a tónica do post esteja na ironia, dá oportunidae para reflectir na estrutura moral da sociedade que está em decadência, ou em profunda alteração sem se saber bem o que acontecerá no fim da corrida.

Beijos
João