17/12/2013

Dobram os sinos chorando...

 
 
 
Dobram os sinos chorando…
No mundo a ausência de amor
Onde tanta gente sofre
Porque há quem lhes cause a dor!
 

Dobram os sinos chorando…
No mundo em que não há paz
Guerreiam pela ambição
Que tanta miséria faz!
 

Dobram os sinos chorando…
Porque não ouvem a mensagem
Que Jesus nos vem lembrar,
Quando a vida é uma passagem…
 

Dobram os sinos chorando…
No mundo a ausência de amor
Amemo-nos uns aos outros
Disse-nos o Salvador.
 

Dobram os sinos chorando…
Por tanta tristeza e dor,
Tantos que ficam sem pão,
No Natal, dia do Senhor.
 

Dobram os sinos chorando…
No dia de Santo Natal,
Se Natal é só este dia;
É porque não há Natal!
 

Dobram os sinos chorando…
Façamos de nossas vidas
Um permanente Natal
P’ra que os sinos soem cantando!

                      «»
                              Zélia Chamusca
                                 
                                   Natal 2013
 
 
Fonte de imagem - Google
 
 
 
 
 
 
 
 

4 comentários:

A. João Soares disse...

Cara Amiga Zélia,

Poema com mensagem muito completa com lição de muito civismo e que sublinha que muita gente não merece ter havido NATAL na manjedoura de Belém.
Cada um tem que se consciencializar de que tem de fazer um grande esforço para que o NATAL SEJA TODOS OS DIAS, pelo Amor ao próximo e pelo combate às chagas da sociedade: egocentrismo, monetarismo, consumismo, adoração de ídolos efémeros...
A alma humana e a harmonia social são valores superiores que nunca devem m ser desprezados.

Beijo e votos de Feliz NATAL e auspiciosas entradas no 2014.
João

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Um poema com muita musicalidade mas sobretudo com uma mensagem de amor.

Se Natal é só este dia
Então não foi Natal

Desejo-lhe Boas Festas de Natal e Ano Novo.

Zélia Chamusca disse...

luis rodrigues coelho Coelho,

Grata por seu comentário e desejo-lhe um Feliz Natal,
ZCH

Zélia Chamusca disse...

Ilustre Sr. A. João Soares,

Não sei que lhe dizer a não ser que estamos em consonância de pensamento e de sensibilidade.

Sei que é difícil... mas, façamos por nos sentirmos o melhor possível.

Amor fraterno,

ZCH