14/12/2013

Como o Papa quer mudar a Igreja e o Mundo




O líder dos católicos quer uma Igreja desassossegada e virada do avesso, os pobres no centro da acção e políticas contra uma economia que "mata". A revolução de Francisco começou
António Marujo (texto publicado na VISÃO 1083, de 5 dezembro)
11:46 Sexta, 13 de Dezembro de 2013 | 

A revolução está em marcha. E começou onde muitos não esperariam: o Papa Francisco publicou a exortação Evangelii Gaudium (A alegria do evangelho) que sistematiza muito do que ele tem andado a propor e a dizer mas, mesmo assim, deixou meio mundo espantado com a ousadia. No texto, o primeiro Papa latino-americano propõe uma reforma profunda da Igreja que a torne numa comunidade de desassossego - "Não podemos ficar tranquilos." Critica, com dureza, a actual "ditadura de uma economia sem rosto" e que "mata", diz que a inclusão social dos pobres e a questão da paz e do diálogo social são as duas questões determinantes do futuro da humanidade e sugere que o catolicismo tem de assumir um novo dinamismo missionário, sobretudo em relação às culturas urbanas. 



6 comentários:

lidacoelho disse...

O Papa Francisco tem visão e tem razão mas não sei se terá força para conseguir e realizar esta missão.

Os donos do mundo procuram calar esta voz que incomoda.
As politicas Neo-liberais destroem tudo na sociedade.

Lidia Ferreira disse...

Eu concordo com a amiga Lidacoelho!

Oi sou a Lidia do Blog cor de rosa choque , espero que se lembre
estive fora do ar mas estou voltando com esse novo blog , venha me visitar e participar de um sorteio
bjs

Zélia Chamusca disse...

Graças a Deus que nos enviou um Homem, seguidor de Cristo, corajoso e humano despido de toda a riqueza terreal e disposto a lutar por um mundo melhor, humano, onde não mais exista o egoísmo e paire o amor e a fraternidade.

É preciso termos fé para que a sua coragem tenha tanta força que sobreviva aos interesses económicos, corruptos e desonestos que assolam o mundo.

Francisco dá-nos a imagem de amor fraterno, do verdadeiro amor que Cristo nos transmitiu.

Minha gratidão ao Papa Francisco e que Deus o acompanhe sempre na sua luta por nós no mundo,
ZCH

A. João Soares disse...

Cara Amiga Zélia Chanusca

Ninguém que seja bem intencionado deixa de concordar com a Amiga Zélia Chamusca.
As sociedades, a humanidade não muda por efeito de uma varinha mágica. É bom que a semente que Francisco está a lançar à seara possa germinar e crescer. Mas não podemos esperar o milagre dele, pois temos, todos os de boa vontade, que dar o nosso apoio, a nossa total adesão à obra meritória que ele iniciou e que há-de continuar.
Perigos há por todo o lado. No meio do trigo nasce o joio que, neste caso, são alguns «grandes» do Vaticano e os poderosos da Finança, da Economia e os adoradores do diabo em forma de dinheiro.

Deus o proteja e adie por muitos anos a hora do seu calvário.

Beijo com Voto de Boas Festas
João

Luis disse...

Meus Bons Amigos,
Infelizmente a actual sociedade está adorando o "bezerro de oiro" e o Papa Francisco veio para o deitar por terra à imagem do que fez Moisés!
Será que os seus seguidores serão capazes de despojarem desse "oiro" e se tornarem mais humanos e fraternos!
Todos nós temos que formular esta pergunta e responder positivamente se quisermos voltar a ser verdadeiramente Cristãos!

Luis disse...

A TODOS DESEJO UM NATAL CRISTÃO EM FAMÍLIA CHEIO DE AMOR E QUE 2014 SEJA BEM MELHOR DO QUE ESTE QUE FINDA!