30/06/2013

SOLIDARIEDADE ENTRE ANIMAIS


video


Os seres humanos devem procurar aprender as lições de sociabilidade e de solidariedade que lhes são dadas por aqueles que arrogantemente apelidam de «animais irracionais». Afinal, quem são os racionais???

3 comentários:

Celle disse...

Reinicio nossos contatos comentando mais esta amostra de solidariedade entre os animais e suas convincentes palavras comovem. A insensibilidade diante do próximo deriva da nossa mesquinhez, o individualismo impera em todos os lados, está bem pra nós, que se dane o resto, o altruismo a amizade estão sendo esquecidos, um gesto de solidariedade que deveria ser normal se torna fato raro, admirádo! Continue amigo, sua missão, este dom que Deus lhe deu da comunicação fácil, seu coração generoso e experiente,a alertar as consciências para que a generosidade não se perca por estes caminhos!
Tudo bem com você, João? com a familia? Estimo que sim.
bjs
celle

A. João Soares disse...

Amiga Celle,

É um prazer sabê-la de regresso dos lugares do «SOL DA MEIA NOITE». Nem lhe pergunto se tudo correu bem, pois o Luís já me deu notícias e este seu comentário evidencia um forte armazenamento de energia que irá gerindo atá ao próximo passeio.

Sobre a vida humana, bastante deteriorada e o muito que temos a aprender com os outros animais, sugiro a leitura do post VALORES ÉTICOS, SIMPLICIDADE E FELICIDADE, no fim do qual constam muitos links para quem deseje conhecer algo que tem sido publicado nos meus blogues sobre o tema.

Quanto à saúde cá por casa não estou esperançoso, porque é uma deterioração do esqueleto de uma pessoa com 87 anos que lhe dá dores fortes muito frequentes e, o que é pior, lhe tira o apetite e provoca uma irritação constante que a torna pouco sociável em casa...
Mas a vida das pessoas, tal como a dos Estados, tem altos e baixos e temos que arranjar paciência e energia para suportar o que há de mau, procurar remediar e esperar tempos melhores.

Muito obrigado pela atenção e cá continuaremos .

Beijos
João

Celle disse...

O texto é muito bom, mas só vem confirmar o que esta lista de textos publicados, anterirmente, em seus diversos blogs procuram mostrar: a importancia de valorizar o essencial em detrimento do secundário. Da importancia do "ser" e não do "ter". Um Arauto que acredita e mostra ao homem que mesmno assim pode ser feliz, o mundo melhor para se viver e criar familias ajustadas!
bjs
celle