20/01/2012

Guimarães



6 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Vc sabia que um dos meus sobrenome é Guimarães? Lindo Castelo.

Bom fim de semana amigo e, obrigado pela sua companhia, sua amizade, seu carinho.

beijooo.

Celle disse...

João, parabéns aos portugueses que souberam preservar sua história!
Lindos edifícios verdadeiras obras de arte! Fico encantada! Quantos anos teria a cidade de Guimarães?
Beijinhos
celle

A. João Soares disse...

Cara Pelos Caminhos da Vida,

Parabéns por a sua cidade de apelido estar em festa. Aparece, por isso, muita informação sobre ela. É uma boa oportunidade para a conhecer mais em profundidade.

Beijos
João

A. João Soares disse...

Amiga Celle,

Guimarães tem mais de um milénio de existência. Para saber mais pode ir ao site da Wikipédia http://pt.wikipedia.org/wiki/Guimar%C3%A3es.
Pensei fazer um resumo mas se a Celle lá for fica com a informação que mais desejar.

Mas está lá uma afirmação que não está cofirmada, pois há uma polémica sobre o local do nascimento do 1º Rei de Portugal, D. Afonso Henriques, pois há historiadores que afirmam com garantias de verdade que ele nasceu em Viseu, por altura de uma viagem que os pais fizeram a Coimbra.
No entanto, não há dúvidas que viveu os primeiros anos de vida em Guimarães, onde se zangou com a mão e tornou o condado independente, criando Portugal.

Beijos
João

Fê-blue bird disse...

Tenho tanta pena de não conhecer, mas um dia se Deus quiser hei-de lá ir.
Beijinhos e obrigada amigo João por esta partilha

A. João Soares disse...

Amiga Fê,

Procure organizar um passeio de 4 pessoas num carro ou 8 em dois carros e, calmamente visitarem as principais cidades a Norte do Douro: Braga, Viana do Castelo, Barcelos, Guimarães, Chaves, Vila Real e Bragança e outras mais pequenas ao longo do percurso.
Há parques de campismo, pensões de vários preços, etc. e fica-se mais enriquecido culturalmente do que a passar as férias a tostas a pele na praia. No regresso, será bom passar por Lamego e Viseu

O nosso país tem grandes belezas a que é dada a devida importância.

Beijos
João