25/07/2014

A IMPORTÂNCIA DA FATIOTA


video


Povo desumano despreza quem precisa se não mostrar sinais de riqueza. Este caso confirma o tema do post «Carinho, solidão, solidariedade». O ambiente de meios pequenos presta-se mais à solidariedade, porque há melhor relacionamento humano e menos materialismo e egoismo. Os laços humanos estão a desparecer nas grandes cidades.

3 comentários:

Celle disse...

A falta de solidariedade não é de hoje, na época de Cristo na terra Ele ja ensinava com a parábola do Bom Samaritano a necessidade do cristão ser diferenciado, se enternecer e compadecer com os problemas do irmão. Infelizmente nada mudou, piorou, o ser humano se desumanizou, nada justifica mas, a indiferença, a falta de coletividade, a pressa, as dificuldades e a luta pela sobrevivência, a correria da vida,o dia a dia embruteceu o carater humano, tornou-o mais insensível, ele hoje acha que é dever do outro, do governo, das obras de caridade,os orgãos responsáveis de cuidar do próximo.
A solidariedade não deveria ser um mandamento religioso mas, um sentimento generalizado e comum da especie humana.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Por certo não será por falta de fatiota, mas certamente por falta de brilho naquilo que se veste.
As roupas nem precisam de ser de marca,não deverão é estar com marcas e nódoas.
Uma boa apresentação faz o nosso cartão de apresentação

A. João Soares disse...

O respeito pelas pessoas conta pouco.Aaparência éo que mais conta.Dá-semais valor ao TER do que ao SER.A qualidae da fatiota,do telemóvel ou do carro são factores decisivos no apreço. Cosas da modernidade.