10/04/2013

O Mito do Leite



Uma boa palestra do Dr. Lair Ribeiro que desmistifica alguns dos mitos e aponta os prejuízos do leite e dos seus derivados para a saúde. Alguns dos pontos focados:
  • Os maiores consumidores de leite do mundo (Austrália, Nova Zelândia, América do Norte e Europa) têm a maior incidência de osteoporose e risco de fractura óssea.
  • Os produtos lácteos não fazem parte da dieta da China, Japão, Vietname ou Tailândia; no entanto, estes países têm uma das mais baixas taxas de osteoporose e fractura óssea no mundo.
  • Existe o lobby do leite. O cálcio presente no leite é muito pobre. Uma vaca não precisa de beber leite para ter cálcio, ela come erva – a biodisponibilidade do cálcio numa verdura é muito maior do que a do leite.
  • Actualmente, as vacas leiteiras vivem apenas 6 anos em vez de 20 e a produção de leite, comparada com a de há 50 anos, aumentou 250%.
  • Segundo a Universidade de Harvard, as mulheres que tomam dois ou mais copos de leite têm um aumento de 66% de risco de desenvolver cancro do ovário.
  • Existe uma correlação entre a ingestão de leite e o cancro da próstata.
  • O leite de vaca é bom para bezerros e o leite humano é bom para os humanos.
  • Os humanos são a única espécie que toma leite de outra espécie.
fonte: O Único Planeta que Temos

2 comentários:

Sam Seaborn disse...

Ao longo dos anos foram sendo vendidos produtos que hoje são comprovadamente pouco válidos…


Celle disse...

Por isso mesmo muitas pessoas são alergicas ao leite, inclusive crianças.
celle